As 5 maiores surpresas de 2017

Quem diria que a Ferrari evoluiria tanto a ponto de dar muito trabalho à Mercedes? Ou que estaríamos falando sobre Robert Kubica ao final da temporada? Hora de escolher qual a maior surpresa de 2017.   Crescimento da Ferrari A Fórmula 1 pode ser cheia de sensores e controlada por engenheiros, mas a lógica nem…

As 5 maiores decepções de 2017

A temporada de 2017 teve carros mais velozes e uma briga pelas vitórias que voltou a contar com mais de uma equipe pela primeira vez em quatro anos, mas teve quem saiu devendo da temporada. Confira as maiores decepções de 2017 e dê sua opinião.   Honda, de novo Havia uma grande expectativa antes do…

A nova queda da Williams

  Felipe Massa se surpreendeu quando foi lembrado por um jornalista que nunca passara por uma temporada sem pelo menos um quinto lugar. E neste ano seu melhor resultado foi um sexto posto, logo na corrida de abertura da temporada, na Austrália. Por diversos motivos, Massa teve chance de obter resultados melhores, especialmente no início…

McLaren, Honda e o futuro

A dança das cadeiras geralmente se refere ao futuro dos pilotos na F-1, mas neste ano a conversa também tem sido quente em relação aos próximos passos da parceria entre Honda e McLaren. Ao que tudo indica, não há grandes amarras contratuais prendendo ambas as partes, mas, enquanto o time inglês tem batido de porta…

O que muda na F-1 em 2017: os motores

Como vimos nos posts anteriores, grandes mudanças de regulamentos geraram grandes revoluções na relação de forças das equipes. Mas, desta vez, são alguns os motivos que levam a crer que a Mercedes, depois de arrasar a concorrência nos últimos três anos, não perderá totalmente a majestade. No primeiro dos textos sobre as mudanças de 2017,…

Não é só a Honda que está devendo

Era de se esperar, claro, mas não deixou de ser bem-vinda a evolução da McLaren-Honda nesta temporada. Mas, ao mesmo tempo que o crescimento do motor japonês foi evidente, o velho discurso de que toda a defasagem de performance era devido à unidade de potência também já não cola mais. A McLaren garante que tem…

McLaren dá sinais de que encontrou o caminho

Não era difícil a missão de deixar uma impressão melhor do que em 2015, quando deu apenas 380 voltas – quase 1000 a menos que os líderes – ao longo de 12 dias de teste, e fechou com um melhor tempo 3s pior do que o ritmo dos pilotos da ponta. Mas nem mesmo os…

Entendendo o desafio da Honda

A equipe Ferrari é a única que pode ameaçar o domínio da Mercedes. Ou a McLaren-Honda. Essa afirmação tem sido repetida por diversos especialistas nos últimos meses e tem seu fundo de lógica, ainda que os resultados do primeiro ano do segundo casamento entre o time inglês e os japoneses terem ficado abaixo até das…

Quebrando tudo

Dez equipes, 27 quebras no ano. Quinze delas, mais da metade, são ‘responsabilidade de três times: todos os que não usam motores Mercedes ou Ferrari. Enquanto as dificuldades da Honda no projeto com a McLaren já eram até certo ponto previstas pela defasagem de um ano combinada com os poucos testes, os erros da Renault…

O segredo da traseira ‘fininha’ da McLaren

  Em 2014, a Mercedes separou as turbinas de entrada e saída do turbo, colocando uma em cada extremidade do motor de compressão. E esse foi considerado um dos motivos para o sucesso de seus motores. São várias as vantagens: em relação ao funcionamento do motor em si, a confiabilidade aumenta porque o risco das…