Estilos de pilotagem: Fernando Alonso

Motor Racing - Formula One Testing - Day 3 - Jerez, Spain

Muito se fala sobre como um determinado carro favorece o estilo de pilotagem de certo piloto para se explicar, por exemplo, como um companheiro consegue ser rápido enquanto o outro sofre. O tema ganhou maior destaque ano passado, quando, após uma mudança importante no regulamento, Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen sofreram de maneira que despertou a desconfiança em muitos da qualidade de homens que chegaram ao título mundial.

Começo hoje uma série sobre as particularidades dos estilos de pilotagem daqueles considerados os melhores da atual geração. Para iniciar os trabalhos, o estilo que tem se provado ao longo dos anos o mais adaptável de todos: de Fernando Alonso.

A forma agressiva como o espanhol inicia as curvas era mais evidente naquelas Renault com traseiras pesadas até 2006, mas continua presente até hoje. Tudo começa com uma freada de média para forte, já iniciando ainda na freada a virar o volante. O movimento dos braços acelera na parte final, causando uma espécie de saída de dianteira falsa, controlada com o freio. É como se o piloto fizesse duas curvas em uma, aliviando e apertando a pressão no pedal de forma a manipular o equilíbrio entre os quatro pneus.

Dependendo da situação, isso pode fazer com que a traseira escape, mas Alonso espera que isso aconteça e já está preparado para responder rapidamente, sem perder tempo. Felipe Massa não chega a ter um estilo muito distante disso, ainda que a maior agressividade na frenagem no caso do brasileiro torne sua tocada menos consistente e com maior propensão a bloqueio dos pneus.

O estilo Alonso permite entrar muito forte na curva, mas evitando que o carro saia muito de traseira e, com isso, o desgaste dos pneus traseiros. Mas o ponto crucial é que é ele quem determina como o carro vai se comportar, e não o contrário. É uma tocada que você não vai aprender em nenhum manual e, na teoria, não funcionaria. Mas o que temos visto ano após ano é sua grande adaptabilidade e eficiência.

62 comentários sobre “Estilos de pilotagem: Fernando Alonso

  1. Olá Juliane, esta série é uma excelente ideia. Será que você consegue colocar alguns gráficos, fotos e/ou imagens, vídeos, comparando diferentes pilotos realizando as mesmas curvas? Inclusive com análises sobre as ultrapassagens, pois tem pilotos que por conta do estilo conseguem definir melhor uma ultrapassagem e outros ficam mais presos.

    Abraços
    Thiago Garcia
    Joinville/SC

    Curtir

  2. Bomdia, Ju!

    Sempre gosto dos seus textos a respeito de detalhes tecnicos que sao poucos explorados por jornalistas, normalmente.
    Porém, tenho que discordar com essa descriçao a respeito dos resultados da forma como Alonso conduz, principalmente em relaçao a Massa.
    Me lembro do próprio Alonso dizendo que a forma como Massa conduz, fazendo as curvas de maneira a ter uma saida de curva melhor, é muito menos agressiva aos pneus. Ou seja, ele gastava menos pneus que o espanhol. Em contrapartida, isso dificultava o aquecimento dos pneus, principalmente na era Bridgestone slick.
    Outro piloto que sofreu com esses slicks foi Schumacher na Mercedes. Numa entrevista Ross Brawn explicava como Schumacher tentava fazer um “drift” na entrada da curva para aquecer os pneus (como os pilotos de rally fazem), porém, só aumentava o desgaste dos pneus e perdia tempo a cada volta.
    Quanto ao resultado de cada estilo diferente no crono final podemos comparar até
    2008, quando os pneus eram estriados, quem levava vantagem, né?

    Curtir

    1. Muito bem lembrada a questão dos pneus estriados até 2008. Coincidência ou não, o Felipe tinha melhor rendimento com aqueles pneus, e desde então tem encontrado grande dificuldade em se encontrar: às vezes acerta, às vezes não.

      Curtir

  3. Eu acho que a prova definitiva do tão propalado-talento do Fernando será no confronto dele com o Lord-Botão. Sabemos que a política na Mclaren (até ela provar o contrario) éh de não-previlegiar nenhum piloto! Sendo assim, agora nós teremos um confronto digamos mais honesto do El-Fodon com o seu mais novo companheiro de equipe. Sei que os dois títulos mundiais sem dúvida o credencia como um dos melhores pilotos de sua geração. Más daí a nomea-lo como um dos melhores de todos os tempos, aí éh pura propaganda amplificada pela mídia.

    Curtir

  4. Sobre a adaptabilidade do Alonso, lembro de duas declarações: uma do Tarso Marques, que disse ter se impressionado com a capacidade do Alonso de aprender e adaptar sua pilotagem, e outra de um engenheiro dos tempos da primeira passagem na Renault, muito semelhante.

    Curtir

  5. Sera que essa adaptabilidade acabou prejudicando o alonso justamente pela facilidade de se adaptar a qualquer carro ?,levando a Ferrari a ir na direção errada no desenvolvimento do carro ?

    Curtir

      1. FAZ SENTIDO,PILOTOS COMO HAMILTON,VETTEL,RAIKKONEN TEM SEUS TIPOS DE CARROS COMO REFERENCIA E FAZEM DE TUDO PARA DEIXAR O CARRO DO JEITO QUE ELES GOSTAM,O ALONSO AO QUE PARECE SE ADAPTA O CARRO E NÃO O CARRO A ELE.

        Curtir

      2. tira o Hamilton dessa turma cara, nunca que o ele ia fazer como o Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel levar uma lambujem como esses dois levaram dos companheiros de equipe. parece-me que existe uma espécie de admiração incondicional por esse Espanhol. aconteça o que acontecer ele sempre sai ileso das criticas o problema é sempre o carro. mas é apenas uma perspectiva diferente cada um tem uma opinião prefiro não me iludir com tal.

        Curtir

      3. Geronimo, o Hamilton tomou pau dois anos do Button, e este nunca foi considerado fora de serie. Vejo da seguinte forma.
        Hamilton amadureceu agora, mas ainda psicologicamente é o mais fraco, mas é o piloto mais natural junto como Kimi do grid. Pilota por extinto. Hamilton teve problemas psicologicos que afetaram muito conseguir se tornar um piloto completo, o que quase fez ele perder este ano o titulo sobre Rosberg.
        O Alonso é o que melhor extrai performance de um carro, muito hoje pela experiencia e pela forma de dirigir, muito bem descrita pela Ju, mas ele não é o mais rápido, é o mais regular junto com Button.
        Vettel, para mim o melhor de todos, e vou explicar. Ele tem o conjunto entre o Hamilton e o Alonso, é rápido e constante, sabe ajustar um carro como poucos no grid, vide os anos de 2010, 2012 e 2013 onde no segundo semestre tirou tudo dos carros que teve, sabe forçar na classificação tanto quanto o Hamilton e cuidar do carro tanto quanto o Alonso. Este ano para mim ficou claro uma coisa, ele estava em contradição consigo mesmo, o carro não lhe foi de agrado, a potencia do motor foi pessima e mal distribuida, ou vinha de uma vez ou não vinha, e teve alguns problemas psicologicos, onde pode se dizer que seu idolo praticamente morreu e afetou ele, e se desgostou da F1 (vide declaração do Horner). Tanto que no final do ano ele começou a tirar virtiginosamente a diferença, principalmente em classificação o seu forte, do Ricardo. Este ano ele está motivado e vai ser pareo duro.
        Esta é minha avaliação.

        Curtir

      4. caro, Elcir, bom pelo que me lembro o ano que o Hamilton decepcionou foi apenas 2011, quando sua cabeça estava fora da formula 1 ou em um mundo paralelo e no mesmo ano se envolveu em vários acidente com Felipe Massa. agora onde está essa estatística de 2 anos, “penso que foi apenas 2011”, em que perdeu para o Button. sua argumentação: “Este ano para mim ficou claro uma coisa, ele estava em contradição consigo mesmo, o carro não lhe foi de agrado, a potencia do motor foi pessima e mal distribuida, ou vinha de uma vez ou não vinha, e teve alguns problemas psicologicos, onde pode se dizer que seu idolo praticamente morreu e afetou ele, e se desgostou da F1 (vide declaração do Horner).” quando vc fala seu ídolo está referindo ao Vettel, garanto a vc que não é meu ídolo. quanto a Alonso meu amigo esse cidadão esculachou a equipe quando queria utilizar o vácuo do carro do Massa e não obtendo êxito. um piloto que fala, olha estou mais rápido que meu companheiro de equipe, manda ele abrir. assim é muito fácil ganhar status de número 1. na atual circunstância e com carros iguais Hamilton bate qualquer um.

        Curtir

      5. Caro Geronimo, sim quando me refiro ao seu idolo é o proprio Vettel que é fã incondicional do Schumacher.
        Sobre o Hamilton, pelo que lembro ele perdeu em pontos dois anos para o Button quando correram juntos, se a Ju poder responder agradeceria, pois ela tem todos os numeros. rs.
        Sim, com carros iguais o Hamilton é pareo duro e provavelmente leve a melhor sobre a maioria como disse ele é o mais rápido, mas muito me estranha que ele nunca conseguiu derrotar nenhum de seus companheiros com grande facilidade, inclusive Rosberg que é considerado mais fraco que o trio de ferro (Hamilton, Alonso e Vettel).

        Curtir

      6. Hamilton perde em pontos na conta total pela diferença de 2011. Em 2010 e 2012, ficou na frente (por 26 e 2 pontos, respectivamente)

        Curtir

      7. Elcir, isso de não ganhar com facilidade tem haver com a condição do piloto na equipe, quando um piloto exige condições iguais com o companheiro é por que confia em si mesmo. sempre competiu com adversários duros, menos o finlandês Heikki Kovalainen na McLaren. agora com relação ao Rosberg não tenho tanta certeza que Alonso conseguiria bate-lo com facilidade em igualdade de condições como queira sugerir. com relação os dados que a Julianne mostrou realmente, Elcir, 2012 foi quase um 2007, diferença de 1 ponto.

        Curtir

      8. Julianne, parabéns pelas matérias muito bem construídas e principalmente pelo Feedback, sempre antenada com as informações.

        Curtir

      9. o problema era que na época que Hamilton correu ao lado de Button havia um sério problema de desgaste de pneu que não favorecia ao estilo arrojado de Hamilton. O mesmo aconteceu com schumacher na sua volta a fórmula-1. se fosse na situação de hoje em que o problema de desgaste de pneus praticamente foi resolvido Button não teria nenhuma chance contra hamilton porque este é muito mais piloto que Button.

        Curtir

  6. Discordo um pouco da análise, vejo o F.Alonso como um piloto que trabalha no melhor traçado de pista, sempre perfeitamente posicionado na entrada, acertando com precisão o apex, e tendo uma saída forte. Até mesmo com um carro na frente ele faz isso até forçar o erro do piloto posterior, não é agressivo ao ponto de botar de lado e ver no q da, como faziam o chefe. Claro que isso pode ser bom ou ruim (lembra q nao conseguiu passar petrov), mas ao ponto que pilotos que vão para tudo ou nada qdo se encontram se complicam, lembram de massa e hamilton quee bateram o ano todo, se nao me engano 2010…

    Curtir

    1. Interfere sim, porém com menor peso do que uma corrida, onde o estilo poderá influenciar no desgaste de pneu, consumo de combustível, e outros fatores. Por exemplo na classificação, a equipe já determina previamente a utilização da energia da bateria para um melhor aproveitamento, sendo assim quem traciona melhor aproveita mais (quem acelera demais ou de menos na saída desperdiça a energia). O que mais interfere na classificação é acerto (com a regra do park fermme ou parque fechado), você irá fazer um carro para voar na classificação mas que não seja tao bom na corrida, ou fará um carro equilibrado que poderá perder compensar do meio ao final da prova? sao diversas variáveis. Mas um carro superior como é o da mercedes fica difícil…

      Curtir

      1. Concordo plenamente, classificação o Hamilton é fera, freia sempre muito dentro da curva e utiliza a vantagem da mercedes melhor q o Rosberg. Mas veja como o pneu de q3 (melhor tempo) é o mesmo que larga, sempre tem que defender do rosberg se os dois largarem bem. Hamilton classifica e fica 70% de pneu, roberg roda 0,2s a mais e fica com 80% de pneu.

        Curtir

  7. Avaliando o Vettel, na era dos V8 aspirados e com a super Red Bull, o estilo dele no meu ponto de vista é que ele carregava bastante velocidade de curva, assim como faz lorenzo na motogp, posiciona bem, freia um pouco antes na medida certa. Se voce freia muito dentro, a tendencia é entrar mais lento na curva, se freia antes, voce pode corrigir acelerando uma “tampinha” na curva. Mas lembre que o proprio mapeamento da red bull fazia com que os gazes do escamento voltando para o solo gerava downforce. Isso foi proibido no regulamento de 2014, tanto que vettel já na apresentou o desempenho anterior. Também me parece que largava leva, usava o mapa no alto para o primeiro quarto, abria vantagem, trocava o mapa para economico e administrava os pneus. Pilota muito, mas qual ali não pilota? Sao os minimos detalhes que fazem a diferenca. também vejo o vettel como se pilota nas pontas do dedos, ou seja não esterça o volante, mas quando o carro permitia. A análise do vettel é complicada, parece dois pilotos diferentes na era do V8 para os V6T. Vamos aguardar a gata dar o parecer…rsrs

    Curtir

  8. beto eu não vi aonde vettel tirou tempo de onde não tem, como a ju disse em cima cada dez kilos mais faz o piloto perder 0,3 decimos webber era o piloto mais pesado do grid chegou a ter 78 kilos contra 57 de vettel tecnicamente webber tinha uma desvantagem absurda com esse sobre-peso em relação a vettel algo em torno de 0,6 decimos por volta sem contar que webber é 11 anos mais velho e mesmo assim webber sempre roubava uma pole vez e outra do alemão, para mim ganhar com o melhor carro e ter uma mumia como companheiro não significou nada, hamilton venceu com o melhor carro mas teve adversário fortíssimo, kimi venceu sem ter o melhor carro em 2007 e teve o massa no auge de sua forma, vettel quando pegou um piloto mais jovem e novato levou um coro que vai entrar para história e só vai se apagar o dia que ele derrotar o ricciardo na mesma equipe, se ele tem sangue no zói deveria convencer a ferrari a trazer ricciardo como companheiro na ferrari em 2016.

    Curtir

    1. ESSE VAI SER UM ANO DE RESPOSTAS SOBRE O VETTEL,VEREMOS COMO RICARDO VAI SE COMPORTAR ESSE ANO COMO LIDER DA EQUIPE LEMBRANDO QUE ELE TERA COMO COMPANHEIRO UM JOVEM MUITO VELOZ,TALENTOSO E QUE COMETEU MUITO POUCOS ERROS O ANO PASSADO.

      Curtir

      1. se o kyviat ganhar do ricciardo a moral do vettel vai cair mais ainda afinal vergne que batel ricciardo bateu kyviat, e este mesmo verne esta na equipe como piloto de testes e pode ser o algoz do vettel com a saida de raikkonen.

        Curtir

      2. COM CERTEZA Elcir ,MAIS TEM UMA COISA CURIOSA QUE OBSERVEI O VETTEL MESMO ENFRENTANDO PROBLEMA QUANDO SE ENCONTRAVA COM O ALONSO NA PISTA SE TRANSFORMAVA E LUTAVA DURO MUITO INTERESSANTE.

        Curtir

      3. Beto, concordo com você, e acredito que o principal problema do Vettel este ano foi o estimulo, ele não estava bem psicologicamente, e isto não ficou tão evidente quanto o Hamilton em 2011 por ele ser mais discreto e forte psicologicamente.

        Curtir

  9. beto eu não vi aonde vettel tirou tempo de onde não tem, como a ju disse em cima cada dez kilos mais faz o piloto perder 0,3 decimos webber era o piloto mais pesado do grid chegou a ter 78 kilos contra 57 de vettel tecnicamente webber tinha uma desvantagem absurda com esse sobre-peso em relação a vettel algo em torno de 0,6 decimos por volta sem contar que webber é 11 anos mais velho e mesmo assim webber sempre roubava uma pole vez e outra do alemão, para mim ganhar com o melhor carro e ter uma mumia como companheiro não significou nada, hamilton venceu com o melhor carro mas teve adversário fortíssimo, kimi venceu sem ter o melhor carro em 2007 e teve o massa no auge de sua forma, vettel quando pegou um piloto mais jovem e novato levou um coro que vai entrar para história e só vai se apagar o dia que ele derrotar o ricciardo na mesma equipe, se ele tem sangue no zói deveria convencer a ferrari a trazer ricciardo como companheiro na ferrari em 2016

    Curtir

  10. Button tem uma escola até mais clássica que o alonso, mais sutil no volante e nos pedais. Parece que nem aprendeu com kart, foi direto para formula… extremamente cuidado com oversteer, constante e educado na pista. Se disputa com um piloto justo, não fecha, não poe de lado. Se sabe que o cara é sujo, ele defende com mais garra ainda assim sem perder a compostura. O estilo dele fez grande diferença quando os pneus pirelli desgastavam bastante, mas com essa novo pneu que utiliza malha de kvelar, não tem muito ganho, em comparada com a malha de aço. Não vejo o trato com os pneus tão crítico como foi a dois anos atrás, hoje os pneus gastam uniforme, e tirando alguma travada todos tem a mesma duração, o que não me agrada por um lado, mas por outro como ainda temo em torcer para o massa, ficou melhor para ele. o estilo do button é unico, com certeza o piloto mais limpo e leal do grid.

    Curtir

      1. Sou novo aqui sim, vim inicialmente pela foto dessa loira maravilhosa, mas percebi que os comentários são de alto nível. Vim p ficar valeu

        Curtir

      2. Seja bem-vindo, Regis, e se gostar de motociclismo, não deixe de dar uma passada lá no Blog do Gabriel, que também é superatencioso com os seus leitores, além de competente. Julianne é fora-de-série.
        Um abraço!

        Curtir

      3. Grande Marcelo, sempre atento a números e sem rodeios nas opiniões sinceras! Me diga: você aprecia o motociclismo? Se aprecia, vale o convite para postar seus pitacos lá no Blog do Gabriel. Se não aprecia ou não apreciava, sugiro-lhe dar uma espiada nas provas do campeonato de 2015 e constatar que o grandíssimo Valentino Rossi já tem um digníssimo sucessor no arrojo e na humildade que marcam sua personalidade: Marc Márquez, um alienígena determinado a abocanhar todos os recordes da categoria. Só no ano passado, você, Marcelo, que aprecia números, saiba que Márquez detonou 34 recordes! É mole? Garanto-lhe que você vai se impressionar com os duelos impressionantes, especialmente entre o Trio Rossi, Márquez e Lorenzo, além de coadjuvantes de luxo como Pedrosa, Iannone, os irmãos Espargarós, Bautista, Chruchtlow e Dovizioso. Dá uma olhada!

        Curtir

      1. Acho q o Afonso quer disputar e ganhar tudo, até msm de quem pilota C maior elegância na pista, Rsrs acho q vai respeitar no início mas depois vai andar na frente. Eh muito constante C alto poder de concentração.

        Curtir

  11. Oi, Ju,

    Muito interessante esse série que você está lançando e também oportuna para explicar o que faz um determinado piloto conseguir extrair mais de um carro do que o companheiro de equipe.

    Parabéns pela ideia!

    Curtir

    1. não vi ali um problema de adaptação dele”Hamilton”, apenas reclamou que o carro foi desenvolvido para o estilo de pilotagem do Michael Schumacher. o maior problema da Mercedes em 2013 é que ela era devoradora de pneus. não meramente um problema de adaptação do piloto. mas é apenas uma abordagem do problema com outra perspectiva.

      Curtir

      1. Ele disse – e ouvi isso do próprio piloto – não ter se adaptado ao sistema de freios. Tanto, que voltou a usar a marca da época de McLaren, diferentemente de Rosberg.

        Curtir

      2. Certo, mas ter uma preferencia por um sistema de freios não é ter um problema no estilo de pilotagem. Posso apostar que a maioria dos pilotos tem suas preferências quanto a freios ou carros dianteiros/traseiros, o que não necessariamente os faz terem grandes problemas quando utilizam algo que não está totalmente dentro do que eles julgam ser ideais.

        Curtir

  12. Alonso é brilhante e isso ninguem vai mudar, mas ele sabe como ninguem usar a midia a seu favor, nunca é ele sempre o carro, ai fika sempre como se ele nunca tem culpa nisso…ta certo o carro de 2014 era horrivel, mas 2010 e 2012 o carro num era ruim naum e 2010 faltou sangue nos zoios só isso , mas 2015 será um ano de muitas respostas e será o tri do hamilton e espero q ele vença umas 13 ou 14 corridas quem sabe ai ele estará fazendo como vettel fez quanto teve o melhor carro dominar tudo hahaha aucam,alex bruz e power cade vcs hehehe

    Curtir

    1. A diferença é que vettel tinha o melhor carro e tinha um companheiro velho e fraco e mediano e hamilton tem um companheiro fortíssimo que venceu até o schumacher, se webber fosse companheiro de hamilton ele teria vencido dodas as corridas menos as que ele abandonou, hamilton ou rosberg jamais perderiam para ricciardo.

      Curtir

      1. schumacher foi pra mercedes só pra fazer uns trocos a mais. Alem de velho (pra F1) acho q. ele nao se dedicava como nos tempos da Ferrari. Onde praticamente ele morava lá. Terminava uma corrida no dia seguinte ele estava lá testando pra próxima corrida.

        Curtir

      2. Ele tava velho sim mas isto não é desculpa ele mostrou ao mundo que era uma farsa assim como o vettel, só venceu quando teve um foguete e a equipe toda girando em torno de si, schumacher fez exames médicos antes de retornar a f1 e seu médico garantiu que ele estava com reflexos e saúde norma, ele só voltou porque achou que a mercedes estaria no nivel do brown gp, quando foi campeão sempre teve companheiros fracos e sempre pilotando o melhor carro.

        Curtir

      3. Com certesa que sim afinal schumacher venceu 91 vezes e foi 7 vezes campeão e o que webber venceu nada, webber estava num nivel abaixo de mediano um piloto ruim por isso o vettel não teve trabalho, schunacher teve a sorte de pilotar o melhor carro e ter o rubinho como companheiro de equipe.

        Curtir

  13. uMACOISA QUE ME CHAMA A ATENÇÃO É QUE O DANIEL RICARDO NUNCA MOSTROU SERVIÇO NA TORO ROSSO MAS ANDOU BEM NA REDBULL ,O QUE SERA QUE O JOVEM KVYAT SERA CAPAZ DE FAZER ?

    Curtir

    1. Beto, boa questão, acho que a Ju ira responder, mais na minha opinião é que um bom piloto, Ricardo, que vem de um carro ruim e não ao seu estilo e que se encontra com um carro ao seu estilo e top rende muito principalmente no primeiro ano. Agora com a função de comandar a equipe veremos todo o seu poder, e acredito que se dará bem.

      Curtir

  14. Julianne, se não for pedir muito, ao final destes posts você poderia colocar sua opinião de qual seria na sua opinião tecnica qual o melhor baseado, claro, na parte técnica e de estilo.
    Grato

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s