Empatia

A ‘nhaca’ com 2016 anda tão grande por aí que já vi brincadeira dando conta que o tradicional programa de retrospectiva não vai ao ar “porque a Globo não está com coragem de mostrar”. Não adianta culpar o ano: numa era que deveria ser de pluralidade, em que o acesso à informação está mais democrático do que nunca, estamos vivendo de intolerância. E desinformação.

Queria, no último post do ano, comemorar com vocês – seja quem acompanha desde antes dos tempos de FasterF1, seja quem chegou nos últimos meses – todas as conquistas deste que foi um ano tão longo quanto produtivo, com 16 corridas in loco, muitas entrevistas e percepções que só ajudam a construir um pouco que seja deste esporte tão complexo. Queria trocar ideias sobre 2017, ano em que a cobertura será ainda mais extensa, perguntar se vocês têm interesse em saber mais sobre viagens também – sim, o espaço está aberto a sugestões. Queria contar que eu e o Ico estamos programando a volta do Credencial justamente pelos pedidos de vocês.

Mas sinto-me obrigada a falar sobre empatia.

Não gosto de pensar que o nível dos comentários caiu, que o pessoal que frequentava antes era melhor. O blog existe desde 2010 e foram vários altos e baixos, e esses baixos sempre causados por uma minoria. O blog continua existindo, inclusive, porque trata-se de uma minoria, mesmo que todos estejamos mais sensíveis em um momento de grave crise econômica e institucional. Afinal, este espaço não me traz retorno financeiro, e é para mim uma espécie de refúgio em que me dedico a abordar temas que me interessam, mas que não teriam espaço na grande mídia.

E refúgios desagradáveis, como a própria raiz da palavra indica, não têm graça.

Ainda estamos tentando entender até onde a internet pode nos levar. E temos tropeçado muito, pois é duro dar liberdade para quem não sabe usá-la. É duro dar liberdade para quem só se preocupa com a emissão, e não com a recepção do que fala/escreve. Às vezes é de se perguntar: será que ninguém aprendeu a não fazer ao outro o que não gostaria que fizessem a si próprio?

Portanto, se tenho o direito de pedir algo a todos, é que usem essa liberdade para evoluir, e não para diminuir vocês mesmos ou os demais. Pluralidade é amiga da tolerância, e não o contrário. E cada ano que passa é feito pelas nossas próprias ações.

Bring it on 2017!

36 comentários sobre “Empatia

  1. Empatia, ouvir, escutar, entender… Um monte de verbos foram esquecidos em 2016 e precisam ser resgatados em 2017. Sucesso para você e se tivesse que te sugerir algo, seria convidar algum piloto a responder perguntas dos internautas, para que pudéssemos conhecer algo mais sobre eles fora dos cockpits e paddocks. Feliz Ano Novo!

    Curtir

  2. Julianne, mantenha o bom trabalho e não se importe com os comentários desagradáveis!

    Torcendo pela volta do Credencial! Desde então tenho ouvido o podcast da BBC, que também é bem interessante!

    Feliz natal e um 2017 de paz!

    Curtir

  3. Perfeito texto Julianne !
    Que vc tenha um excelente fim de ano e um 2017 cheio de sucessos.
    E que ano que vem tenhamos mais e mais colunas cheias de conteúdo que só vc nos proporciona.

    Curtir

  4. Obrigada Julianne ! Um ótimo final de ano pra você e sua família! Desejo também aos amigos do Blog um excelente final de ano. Que a F1 nos traga muitas emoções em 2017!

    Curtir

  5. Julianne, bom tarde! Em meio a tanta mediocridade e opiniões rasas, é um alivio ler seus textos e também a maioria (esmagadora) dos comentários aqui deixados por quem te acompanha.

    Please, please, please, não nos abandone!

    Abs, Ricardo.

    Curtir

  6. Com as mídias sociais tão difusas hoje em dia, é bem difícil que um blog mantenha a sua audiência e aderência, como há alguno anos. Eu mesmo tenho um blog, mas faz tempo que não escrevo lá. Muitas vezes uso outras plataformas, para alcançar um público maior mesmo.

    Mas o seu blog, posso falar que é leitura obrigatória sobre a Fórmula 1. Nesta época em que a pós-verdade impera, é importante encontrar uma forma de obter informações de forma crível e com alto teor de credibilidade.

    E, mesmo não comentando de forma ativa, sigo acompanhando o blog, pois traz um olhar diferenciado sobre o automobilismo, com informações que não se veem tanto na grande mídia.

    Infelizmente, a intolerância tem dominado todos os meios de comunicação, mas não podemos desmorecer diante da pós-verdade, aprender com os erros e buscar um diálogo pacífico, para aprender e evoluir mais.

    Continue firme no seu trabalho, Julianne! Um ótimo 2017 para ti e a todos.

    Curtir

  7. Falou tudo, Ju. Infelizmente vivemos num mundo cheio de intolerância porque as mídias sociais permite isso aos que se escondem por trás de um teclado para expressar toda a sua ignorância.

    Faz parte e temos que conviver com isso. Mas aos poucos essa minoria vai se dando conta de que estão sendo estranhos no ninho e vão saindo de cena. Pelo menos é a esperança. Como jornalista, sei o que é isso.

    Falando de coisa boa, seu blog é o primeiro a ser acessado diariamente, todos os dias. Parabéns por mais um ano de jornada da mais alta qualidade. Sou suspeito pra falar de seu trabalho.

    Até 2017!

    Curtir

  8. Assino embaixo Ju sem tirar nem por!!!!

    Muitíssimo obrigado por nos permitir fazer parte de um refugio tao pessoal e interessante, seus posts (nas linhas e entrelinhas) mostram o tipo de ser humano que é você mesmo sem lhe conhecer pessoalmente, Admirável!!!
    Passo muitas horas acompanhando a todos e sem duvida não conheço uma óptica mais transparente e precisa que a sua!!!
    Parabéns com o Ico pelo credencial, espero que possam de alguma maneira colher os melhores frutos com este retorno.
    Feliz 2017.

    Muito obrigado sempre!!!

    Curtir

  9. Oi Julianne,
    É a primeira vez que posto aqui. Apenas queria dizer que, blogs como o seu, que me faz aprender mais sobre F1, além de admirar o tamanho do conhecimento que você tem e de compartilhar conosco. Poucos fazem isso, ainda mais por, simplesmente, amar o que faz.
    Espero que 2017 seja ainda melhor e que vocês possa nos passar mais do seu conhecimento. Sou muito grato!
    Ótimo Natal e excelente 2017!

    Curtir

  10. Desde de que te conheci, no total acesso, seu blog faz parte do meu dia a dia. É o segredo de tanta admiração é você escrever com amor, sem ter que seguir padrões. Apenas continue nos presentando com seus lindos textos. Se o credencial puder voltar, ótimo, contar sobre as viagens também será muito interessante. Mas o mais importante será continuar visitando este local tão agradável.
    Feliz Natal né um ano de muita saúde e paz a você e a todos os amigos que aqui frequentam.
    Grande abraço.

    Curtir

  11. Como muitos aqui, queria apenas deixar registrado que acompanho suas matérias de longa data e que a maioria dos comentaristas daqui fortalecem o blog com informações fantásticas. Gosto muito também quando você abre espaço para outros aspectos que não estritamente a Fórmula 1, e mesmo que isso atraia comentários nada edificadores, a esmagadora maioria ainda estará lá de contrapeso. Por isso, sim, será um prazer ler suas linhas sobre as viagem ou qualquer coisa paralela à sua cobertura que você ache interessante.

    Por fim, queria desejar a você Julianne e a todos os outros que me ajudam a entender e a curtir melhor esse que é o único esporte que eu acompanho: Feliz Festividades e um Próspero Ano-Novo!

    Curtir

  12. Você é uma das melhores jornalistas do ramo, sempre trazendo informações sérias bem diferente desses sites sensacionalistas, sempre nos brinda com informações confiáveis, vc é um exemplo a muitos jornalistas, parabéns ju e muito sucesso para 2017.

    Curtir

  13. JuCera, um ótimo natal e um 2017 perfeito, com muita paz.
    Quanto aos comentários eu até gosto quando discordam da minha opinião.
    Portanto, boas festas aos “comentaristas” também.

    Curtir

  14. Julianne, não comento no seu blog há muito tempo, mas te acompanho desde a época do FasterF1, juro que não perdi um post sequer. Para mim, é leitura obrigatória, para quem gosta de F1.

    A volta do credencial com o Ico, é uma ótima notícia. E torço que tenhamos muitos posts, principalmente na pré-temporada, mostrando um pouco dos detalhes técnicos, que a grande mídia ignora completamente, tão acostumada a copiar e colar material produzido lá fora.

    Grande abraço!

    Curtir

  15. Parabéns Julianne pelo ótimo trabalha que desempenha. Faça das críticas negativas o seu combustível para trazer mais e mais colunas e artigos que só você sabe escrever. Feliz Natal e um Próspero Ano Novo

    Curtir

  16. parabéns Ju …a volta do credencial é uma boa … acho q matérias com mais fotos ,fotos de bastidores, do seu dia a dia na cobertura, seria interessante ver esse lado. sobre os comentários de baixo escalão vamos assim dizer é complicado lidar com paixões na internet…tem q relevar e se persistir ai sim exclui e pronto.

    Curtir

  17. O trabalho que você faz é indescritível, Ju. Fazendo comentários e análises com uma qualidade muito acima da média e ainda dando atenção aos leitores. Nos do temos a lhe agradecer, MUITO OBRIGADO!

    Curtir

  18. Ju, parabéns pelo seu trabalho em 2016!
    Acompanho seus textos desde a época do FasterF1 e sempre torci pelo seu sucesso.
    Sempre achava que faltava alguém como você para falar sobre F1 por aqui.
    Os “Credenciais” da época do TotalRace eram os melhores.
    Você e o Ico formam uma das melhores duplas de jornalistas que cobrem F1 no Brasil.
    Pode parecer estranho, mas é indescritível a sensação de orgulho que sinto ao ver algum dos seus textos como um dos mais lidos do dia no Uol.
    Parabéns por tudo e continue sempre assim.
    E que 2017 seja ainda melhor!!
    Grande abraço
    Celso

    Curtir

  19. Aconmpanho seu trabalho desde 2010, Infelizmente existem alguns comenristas aqui que em vez de respeitar os outros querem usar este espaço para tentar humilhar e ofender as pessoas, te peço desculpas por algumas vezes ter exagerado com minhas palavras , mas eu sou assim sincero e de carater forte, nunca deixei ninguém fazer ironias e tentar me humilhar sem eu revidar, eu sou apaixonado por F1 e tive a oportunidade de acompanhar de perto vário grandes prêmios, moro no brazil des de um ano de idade sou nascido na italia e como um bom italiano sempre fui apaixonado pela Ferrari, mas de uns tempos para cá o amor pela Ferrari foi se apagando talvez pelas atitudes erradas da equipe, ou por a equipe ter caído tanto, desejo a todos vocês um ótimo fim de ano.

    Curtir

  20. Eu conheci desde os tempos do Total Race.
    Acho os posts legais, diferentes do conteúdo massificado, com análises sucintas, mas que devem ter dado um bom trabalho de elaboração.
    Concordo que seria legal inserir conteúdos relacionados com as viagens, curiosidades da “giornada”, dar um toque pessoal em meio ao conteúdo especializado, pois o que diferencia o espaço é justamente o ponto de vista da autora. Por exemplo, o blog do Ico, antes de migrar para o UOL tinha até playlists, videos de música, mas depois ficou engessado ( e até sem assunto…). Num recesso de temporada, seria bem vindo abrir o leque.
    No mais, sucesso em 2017!

    Curtir

  21. Oi Julianne, comecei a frequentar seu blog para minha infelicidade apenas esse ano, pois perdi grande parte do conteúdo que você já escreveu por aqui!

    Seu trabalho é muito bom, depois que descobri esse espaço, sempre que posso entro aqui (será que tem texto novo?).

    Acho que algo bacana pra você mostrar pra galera que te segue por aqui e nas redes sociais é abordar um pouco mais sobre viagens e bastidores, perrengues de aeroportos, salas de imprensa sempre rendem boas histórias, pelo menos é o que eu acho!

    Espero que seu blog viva por mais muitos e muitos anos! Obrigado por tanto conteúdo de qualidade.

    Curtir

  22. Oi Jú,
    Te acompanho desde o Total Race e a volta do credencial é sensacional.
    Quero te agradecer pois você além de gostar de F1 ainda pratica esportes como corrida que eu também adoro mas tinha parado e ao ver seus relatos sobre aquela volta que você fazia correndo nos circuitos me fez voltar a correr e por consequência melhorar minha saúde, então se um dia qualquer pessoa te ofender ou te magoar aqui, lembre-se que seu blog ajudou e ajuda a saúde de uma pessoa todos os dias.
    Minhas sugestões de pauta você já sabe…kkk uma entrevista com os comissários que fazem a medição e aprovam ou não os carros para as corridas se for possível.
    Outra solicitação é a visão da corrida pelas diferentes transmissões, sei que dá um trabalho gigante, inclusive se tiver uma forma de te ajudar por favor me fale.
    Um ótimo fim de ano e um 2017 maravilhoso Jú.
    Daniel

    Curtir

    1. Que comentário legal, Daniel. Eu continuarei correndo as pistas daqui e você continua daí, hein! Quanto às transmissões, posso fazer algumas ‘edições especiais’, mas infelizmente com as viagens meu tempo no pós-corrida fica bastante prejudicado – e o cansaço, gigante. Um ótimo 2017 para você também.

      Curtir

  23. Ju, desde o tempo do Faster degusto sua literatura elucidativa sobre a F-1, rsrsrs, no mais, sua capacidade profissional e passional funciona como uma lente corretiva perante um jornalismo superficial e distorcido! Vida longa a senhorita Julianne Cerasoli \0/\0/, well done Miss Cerasoli.

    Curtir

  24. Cada vez que leio um novo texto seu, a admiro cada vez mais Julianne, o mundo realmente precisa de pessoas sóbrias como você e que levam as pessoas a se tornarem melhores.
    Sabendo o motivo do seu texto, só me resta pedir desculpas, absorver as palavras e me lembrar daqui para frente.
    Sobre as sugestões, gostaria de pedir um texto sobre os programas de desenvolvimento de pilotos, da Red Bull, Mercedes e Ferrari, os três parecem ser muito diferentes em filosofia.
    O da Ferrari nunca revelou um bom nome.
    O da Red Bull já tem cinco pilotos no grid.
    O da Mercedes possui dois pilotos, mas me parece que Wolff e Lauda não possuem confiança neles.
    Bom é isso.
    Um grande bjo pra você Julianne, abraços prós meninos e beijos pra ser meninas.

    Curtir

    1. NV, certo em relacao a ferrari, bem lembrado. MAs se esqueceu da McLaren que ja revelou gente bem boa..como Hamilton e o novo companheiro do Fernando A, o tal de Stoffel que parece ser bom demais.

      Curtir

      1. Esqueci que a McLaren tem programa de desenvolvimento, na realidade acabei de lembrar o seguinte:
        Acho que o Felipe Massa fez parte do programa da Ferrari, se for isso mesmo eles revelaram um bom nome (na verdade o único).
        Abraços pros meninos e beijos pras meninas!

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.