Qui a casa loro

Quando a Mercedes trouxe a atualização de seu motor e dominou o GP da França, a impressão era de que as três corridas seguidas do período de Copa do Mundo seriam decisivas para a arrancada de Lewis Hamilton rumo ao pentacampeonato, uma vez que seria difícil a Ferrari reagir em tão pouco tempo.

Mas a briga de gigantes que tem tornado a temporada de 2018 tão fascinante e imprevisível garantiria reviravoltas. Na Áustria, apareceram as fraquezas do conjunto Mercedes que só afloraram sob pressão – do erro estratégico às quebras. Mas foi na Inglaterra que aconteceu o resultado mais significativo.

Voltemos 12 meses no tempo. Lewis Hamilton venceu tranquilo em Silverstone (mais do que isso, fez um Grand Chelem, com pole, volta mais rápida, e vitória liderando todas as voltas) e ainda impôs 37s de vantagem para a Ferrari mais próxima, de Kimi Raikkonen, em dia que Sebastian Vettel teve um furo no pneu com duas voltas para o final.

Com uma combinação de longas retas, poucas freadas fortes para ajudar na recuperação de energia e curvas de média e alta velocidades, Silverstone sempre foi o parque de diversões da Mercedes na era híbrida. Mas desta vez não foi assim.

A pole position foi suada, com Vettel só 44 milésimos atrás – em 2017, a diferença superou meio segundo – e o ritmo de corrida do alemão na ponta foi tranquilamente superior ao de Bottas antes do Safety Car (mais uma vez ele!) que chacoalhou a prova. É fato que, vindo de trás, Hamilton era mais veloz, mas, como de praxe nesta temporada, o líder sempre tende a segurar o ritmo para evitar o desgaste de pneus.

Não foi à toa que Vettel estava mais contente com o ritmo da Ferrari em Silverstone do que com a vitória em si. “We have been hammered here, literally”, disse ele, usando a expressão com o sobrenome do rival para dizer que a Ferrari fora arrasada na pista inglesa no passado recente. E celebrou a conquista “qui a casa loro”, na casa deles.

Isso é mais uma prova da evolução constante do carro da Ferrari, que ganhou novo assoalho e novo posicionamento dos espelhos em Silverstone, dentro das atualizações que chegam continuamente dos dois lados e que vão mudando a história do campeonato semana após semana.

Não é a toa, também, que Hamilton e Toto Wolff demonstraram terem acusado o golpe logo depois da corrida, insinuando que os incidentes da França entre Vettel e Bottas e deste domingo entre Lewis e Raikkonen não teriam sido coincidência. Falei com o piloto inglês poucos minutos depois e ele já tinha voltado atrás, mas a pressão para os dois lados é evidente.

Tanto, que o próprio Hamilton foi o primeiro a salientar que muitos pontos foram jogados fora nestas 10 primeiras etapas. Ele se referia ao próprio campeonato, mas também houve situações em que Vettel e a Ferrari que não aproveitaram oportunidades. E, com os italianos e a Mercedes travando um duelo técnico de tão alto nível, com uma sem deixar que a outra se sobressaia por muito tempo, a má notícia para os nervos dos postulantes ao título e a boa para nós é que será assim até o final.

6 comentários sobre “Qui a casa loro

  1. Ju, a atitude grosseira do Hamilton com o Martin Brundle não seria passível de punição?
    Afinal faz parte das regras, todos os pilotos recebem a mesma instrução.
    Fair play vale dentro e fora das pistas, não acreditei no que ele fez!

    Curtir

  2. Achei a punição a kimi desnecessária, o carro de segurança foi pra ajudar lewis claramente , já q num havia detritos na pista e o virtual resolveria na situação, a Ferrari arriscou parando e a mercedes arriscou com bottas e quase q deu certo, o ritmo da ferrari de pneus amarelos é melhor e a mercedes de branco era superior…ta muito equilibrado no ritmo e no qualy tb

    Curtir

    1. Acho que as punições estão desequilibradas. Situações parecidas para #7 e #5 e duas punições diferentes. A FIA que acaba jogando o #5 contra os fans, numa suposta “ajuda” a ele.
      Quanto ao SC, questão de segurança devido a violência do impacto do #9, além de terem que arrumar a barreira de pneus.

      Curtir

  3. Grande corrida, como disse a Ju com a ajuda do safety car.
    Ferrari muito forte numa pista em que a Mercedes passeava. Se o Vettel não cometer erros bobos, caminha para o penta. Depois desta prova, acho que o Bottas assume o papel de segundo piloto. E grande prova do Raikkonen, com uma punição mais branda poderia chegar em segundo.

    Curtir

  4. “Mas também houve situações em que Vettel e a Ferrari que não aproveitaram oportunidades.”
    Lendo esse trecho fica impossível me conter e não comentar do único piloto que vi aproveitar todas as oportunidades sem exceção. Michael Schumacher, isso sim era piloto preciso e que nunca vi desperdiçar oportunidades.
    A galera costuma chamar o Alosnso de Choronso, mas convenhamos, os choros do Hamilton tá começando a ficar chato. Quando as coisas não vão bem ele sempre encontra culpados e começa a chorar. Quando Rosberg começou a vencer dele em 2016, quando as quebras de motor, insinuou por mais de uma vez que a equipe estaria favorecendo o Nico, por ambos serem alemães. Agora que a Mercedes e ele mesmo estão sob pressão, culpam a Ferrari de toques propositais.
    Vamos lembrar que a própria corrida do Vettel foi prejudicada na França e que a própria corrida do Raikkonen foi prejudicada na Inglaterra. Isso sem contar que ele não reclamou nem um pouquinho do Bottas abrir para ele assumir o segundo posto, o que em essência, também não deixa de ser manipulação de resultado.
    Também se esquece de citar que a ultrapassagem do Vettel em cima do Bottas foi arisca e ousada, ali ambos poderiam ter colidido de novo, mas dessa vez a (sensacional) manobra do Vettel deu certo diferentemente da França em que ambos colidiram.
    Falando em erros, como ressoou no Padock mais um erro do menino Verstappen Julianne? E como ficou mais um erro do Grosjean?
    Já podemos esperar pelo Vandoorne na Haas ano que vem?
    Gtande abraço a todos do blog!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.