Por dentro da F-1: Como montar um calendário

Lembro que, logo que a Liberty Media assumiu o controle da F1, eles começaram a falar em reorganizar o calendário por zonas. Ou seja, ele por exemplo começaria na América do Norte – agrupando Canadá, EUA e México – e terminaria na Ásia. Foi o tipo de ideia que fez aqueles que já são “velhos…

Fixação com Miami. E Vietnã a passos lentos

Chamou a atenção durante a coletiva de imprensa que Chase Carey e Jean Todt deram no final de semana do GP da Austrália – no que pareceu algo arranjado às pressas porque o que costumava acontecer era uma entrevista com Charlie Whiting a respeito do regulamento – a insistência do chefão da Liberty Media em…

Vocês perguntam, o paddock responde: edição pré-temporada

Lembra que pedi perguntas antes de ir para os primeiros testes da pré-temporada? Separei as mais interessantes e fui atrás das informações para vocês. E o plano é fazer isso também durante a temporada, então fique atento/a às postagens no meu Twitter e Fanpage para ver por onde mandar as dúvidas. E já pode ir…

Drops do GP do Canadá e o futuro da F1

Duas perguntas: A, a Mercedes entrou em contato com você? B, a Ferrari entrou em contato com você? E Daniel Ricciardo sorri e diz. “A, talvez. B, talvez.” Não há dúvidas de que o valor de mercado do piloto australiano aumentou significativamente neste início de temporada, mas apostar hoje em uma ida a uma destas…

Drops do GP da Austrália: de granadas a grid kids

Temporada nova, vida nova. Uma cena comum na quinta-feira na época de McLaren era ver os técnicos da Honda trabalhando até tarde para deixar o carro pronto para os primeiros treinos livres. Na Austrália, eis que lá pelas 18h a Toro Rosso já estava uma calmaria só. E os japoneses até aproveitaram para uma raríssima…

F1 é esporte que mais cresce nas mídias sociais. Mas ainda engatinha

É inegável que a Liberty Media vem fazendo um bom marketing em cima dos resultados que obteve em mídias sociais e audiência em seu primeiro ano no controle da Fórmula 1. Porém, saindo um pouco da “bolha” do “esporte que mais cresce” em Instagram, Facebook e afins, a realidade é bem diferente. E não é…