Escudos e falhas

Se as três corridas durante a Copa do Mundo tinham sido boas para Sebastian Vettel, Lewis Hamilton devolveu com juros e correção monetária nos dois últimos finais de semana. Claro que o rival deu uma bela ajuda com o erro da Alemanha, mas o inglês só pôde aproveitar aquela chance porque tinha feito sua lição…

Montanha-russa de emoções

Lembro que há algumas semanas escrevi que esse campeonato me lembrava 2010, quando tivemos aquela sequência de corridas mornas na Espanha, Mônaco e Canadá e várias reviravoltas no campeonato. Depois de quatro etapas em cinco semanas, a situação mudou de figura – várias vezes, inclusive – como em outro campeonato, de 2008. A luta é…

Expondo as bolhas

Quando o diretor de competições da Pirelli, Mario Isola, sentou para falar com os jornalistas em Spielberg sobre as primeiras impressões após os treinos livres do GP da Áustria, seu desânimo por não ter muito o que dizer era claro: como de costume quando são escolhidos os compostos ultra, super e macio, o delta entre…

Drops do GP da Espanha com Alonso no WEC e a pressão da Mercedes

A história do GP de Miami empolgou os pilotos, mas foi curioso perguntar a Sergio Perez se ele achava que mais uma prova na região seria boa para o México e ele olhar incrédulo: “Mas isso realmente vai acontecer?” Mesmo depois de responder, ele não continha a empolgação. “Então vamos nos livrar de Baku?” Perguntei…

Estratégia do GP do Azerbaijão e o pênalti

Quando vejo alguém dizendo que uma corrida cuja história muda após um Safety Car envolve puramente sorte, lembro da eterna discussão sobre cobranças de pênalti. Acertar uma cobrança sob extrema pressão tem a ver com tranquilidade emocional, que tem um ingrediente pessoal, mas é fundamentalmente algo que vem da confiança que o jogador tem porque…

Coisas de Baku

Foi impossível não lamentar o furo de pneu de Valtteri Bottas a duas voltas do final do GP do Azerbaijão. Afinal, com uma pilotagem muito precisa, ele foi o único do (então) top 3 que não travou os pneus e saiu da pista em nenhum momento sob condições bem difíceis na já dura Baku, ao…

Estratégia do GP da China e a bobeada da Ferrari

O GP da China mostrou que o equilíbrio deste início de temporada na Fórmula 1 é tão grande que um Safety Car pode virar completamente a mesa. Antes dele, na volta 31, a prova tinha um desenho: Bottas e Vettel fariam uma corrida tática até as voltas finais e, se conseguisse manter seus pneus em…

Foi miragem do deserto ou campeonato será apertado mesmo?

Não deixou de ser um alívio acompanhar o desenrolar do GP do Bahrein, especialmente depois de que, na quinta-feira, Sebastian Vettel explicou que as análises da Ferrari mostraram que a vantagem na classificação na Austrália não tinham tanto a ver com o tal modo festa do motor da Mercedes (na verdade, ambos os equipamentos aparentam…