Viajando para o GP

GP de Imola ao vivo: Turistando na F1

Ele chegou como um dos GPs substitutos durante a fase mais aguda da pandemia em 2020 e acabou ficando. E não é que ver o GP de Imola ao vivo se tornou uma boa opção?

Viagens e bastidores, Viajando para o GP

F1 ao vivo: Turistando nos 23 GPs da temporada 2022

Já se perguntou como é ver a F1 ao vivo em cada um dos 23 destinos por que a categoria passa? Quanto custa ir para um GP? Qual o melhor ingresso para comprar? Para qual GP vale mais a pena ir?

Calendário e horários

Calendário da F1 2022 e horários da TV Band

O campeonato terá 23 corridas e três delas serão disputadas no formato sprint

Guias dos circuitos

Guia do GP da Itália

Alta velocidade, invasão de pista e, nos últimos anos, resultados totalmente imprevisíveis. O GP da Itália é um dos clássicos da temporada, trazendo alguns ingredientes intimamente ligados à tradição da Fórmula 1. Os carros enfrentam esse desafio único de uma pista com poucas curvas e muitas retas com configurações diferentes da maioria das pistas. E… Continuar lendo Guia do GP da Itália

Viajando para o GP

GP da Itália ao vivo: Turistando na F1

Vale a pena ir em um GP na Europa de fácil acesso se compararmos com Bélgica, Áustria, França e Inglaterra, visitar um dos templos da F1, ver de perto uma torcida apaixonada e ainda comer bem?

Estratégia

Raio-X do GP da Itália e como a McLaren construiu a dobradinha

A McLaren tinha duas vantagens importantes: a configuração de utilização da UP usada pelo time inglês fazia com que o motor recuperasse energia no meio da reta e depois a entrega voltava, e o motor Mercedes esteve mais forte que o Honda em Monza. Para completar, como disse Norris, o carro parecia “ganhar vida” toda vez que estava sem trânsito à frente

Ju Responde

Vídeo: Ju Responde sobre mais uma treta de Max e Lewis, a dobradinha da McLaren e o futuro da sprint

Aqui as respostas das perguntas enviadas no instagram @myf1life sobre o GP da Itália e mais um acidente entre Hamilton e Verstappen. Tem a explicação para a punição (e o pitstop ruim) de Verstappen e o que ela significa para a próxima corrida do holandês, por que a McLaren andou tão bem, o que explica a dificuldade em se ultrapassar em Monza e o que a Fórmula 1 planeja fazer com o formato sprint para o ano que vem.

Viagens e bastidores

Drops dos bastidores do GP da Itália

Ah, e para quem ficou surpreso com o ótimo desempenho de Daniel Ricciardo neste fim de semana, ele tinha uma explicação bem técnica: “Eu fico mais rápido quando como pizza, e aqui na Itália é pizza todo dia.”

Corridas e análises

Predominantemente culpado – parte 2

Os lances foram muito similares e totalmente diferentes ao mesmo tempo. Diferentes pelo tipo de curva, já que, em Silverstone, tratava-se de uma curva de alta velocidade e, em Monza, de uma chicane lenta. E semelhantes porque, em ambas as situações, os dois pilotos decidiram não ceder.

Viagens e bastidores

Memórias de 10 anos de F1 e uma dobradinha marcante: Spa e Monza

O paddock fica bem longe daquela curva, mas também em uma zona mais alta, então o barulho foi alto e claro. Tinha acabado de fazer uma pergunta quando ouvimos a sequência de estrondos, e Lewis logo procurou o telão, que estava em um lugar que eu não conseguia ver. O que vi, pelos seus olhos, é que não tinha sido nada bom.