História da F1

Do fundo do baú: uma decisão de título de 4 pilotos. E um novato

A corrida do líder começou a se complicar na largada (Ferrari) Era uma vez uma decisão de título com quatro pilotos envolvidos, em que aquele que chegou como terceiro colocado à última corrida do ano acabou levando o título, e se tornando o mais jovem a fazê-lo, enquanto o favorito ficou preso atrás de um… Continuar lendo Do fundo do baú: uma decisão de título de 4 pilotos. E um novato

Especiais

2010 não teve brigas só lá na frente

Disputa entre os líderes: Red Bull, McLaren e Ferrari Ninguém duvida que o RB6 é o carro de 2010. Das 4 poles que perdeu no ano, em apenas 2 vezes realmente tinham um rendimento inferior – Canadá e Monza. Mesmo com a vantagem dos sábados diminuindo nas corridas, a Red Bull poderia muito bem ter… Continuar lendo 2010 não teve brigas só lá na frente

Corridas e análises

Vettel será lembrado como um grande campeão?

Já vimos e revimos porquês de 2010 ter sido uma temporada especial. Mas o que dizer do novo campeão? Seria esse o primeiro capítulo de uma história lendária na categoria, um começo ainda marcado pelos erros decorrentes da pouca idade, mas que colocaria a pedra fundamental na carreira de um alemão que superou seu ídolo?… Continuar lendo Vettel será lembrado como um grande campeão?

Corridas e análises

Os recordes que marcaram o ano

Quem acompanhou a temporada de 2010 no FasterF1 já sabe: na semana seguinte a cada GP, são compilados os recordes e curiosidades que cercaram o evento. Ao final, esta será a temporada em que tivemos o campeão do mundo mais jovem da história, o 1º título de construtores da Red Bull, o 1º piloto a… Continuar lendo Os recordes que marcaram o ano

Corridas e análises

A temporada 2010 em números

Os números mostram muito bem a temporada que poderia ter sido: as poles, a posição média de largada e o número de voltas na liderança dão a medida da superioridade técnica da Red Bull. Fica claro também o prejuízo de Hamilton com os abandonos na parte final do campeonato – sua média de posição de… Continuar lendo A temporada 2010 em números

Técnica e regulamento

O que está por trás da F1 “verde”

Energias reaproveitáveis, motores “de carro comum”. Não é difícil ver que a F1 se encontra numa encruzilhada. Em seu DNA, a missão de ser a mais tecnológica e desenvolvida das categorias do automobilismo. Em sua realidade, uma brincadeira cada vez mais restrita. As mudanças anunciadas para os próximos anos – KERS, biocombustíveis, motores de quatro… Continuar lendo O que está por trás da F1 “verde”

Técnica e regulamento

Motor bom é o que não quebra – ainda mais com 20 provas

Os motores foram um dos assuntos centrais de 2010. A necessidade de fazer as mesmas 8 unidades durarem pelo que foi o campeonato mais longo da história – e que ganhará mais uma etapa ano que vem, tornando essa questão da durabilidade ainda mais importante – e a suposta deficiência dos Renault da Red Bull… Continuar lendo Motor bom é o que não quebra – ainda mais com 20 provas

Entendendo a F1

Os números impressionantes da telemetria da F1

Todo o trabalho de identificar anomalias nos carros, dentre muitas outras funções, fica a cargo de 150 a 300 sensores ligados – varia de acordo com a pista, devido ao peso do carro – em cada canto do chassi, que controlam o  desempenho do motor, a eficiência aerodinâmica, a pressão do óleo, a aderência dos pneus e o desgaste de freio, além de gerar informações chave para a comparação entre os companheiros de equipe e a melhoria dos tempos de volta.

Entendendo a F1

Passado, presente e desafios da comunicação via rádio

Hoje é impossível imaginar a F1 sem a possibilidade de comunicação via rádio. Tanto, que vemos cada vez mais pilotos dependentes das informações que vêm do pitwall para tomar suas decisões na pista – recentemente, ouvimos o engenheiro do ex-Williams Nakajima dizendo o que o piloto tinha que fazer na largada, avisando de que lados… Continuar lendo Passado, presente e desafios da comunicação via rádio

Técnica e regulamento

O cérebro é o músculo mais importante numa corrida

Um carro de F1 pode levar menos de 5s para chegar a 160 km/h e desacelerar a 0 novamente. A aderência é tanta que o piloto sofre cargas laterais de até 6G, ou seja, uma pressão seis vezes maior que seu próprio peso. Em lugares como Malásia e Cingapura, a temperatura no cockpit alcança 50ºC,… Continuar lendo O cérebro é o músculo mais importante numa corrida