Por dentro da F-1 e uma aula de estratégia – parte 1

Minha grande diversão após as corridas é tentar decifrar as estratégias das equipes. Isso porque, quando você vai atrás das explicações, sempre aprende algo novo e entende um pouco mais do nível de detalhamento com que um time de F-1 trabalha. Como vimos tantas vezes nesta temporada, a diferença entre um erro e um acerto…

Imperfeições

Quem destoou de um domingo com muitos erros foi Valtteri Bottas, se reencontrando com a vitória depois de seis meses. E pensar que, em abril, ele tinha vencido metade das provas disputadas até ali. Não só o gosto da vitória, como a sensação de estar no controle de uma corrida, estavam fazendo muita falta ao…

Rapidinhas do GP da Rússia

Este era um território Mercedes. O time alemão venceu todas as cinco edições do GP da Rússia, e ano passado até se deu ao luxo de inverter a posição de seus pilotos, temendo a “ameaça” Ferrari, que já tinha virado marola àquela altura. O cenário não poderia ser mais diferente agora.  Basicamente reconhecendo que será…

Estratégia do GP de Singapura e o show de erros

Final da volta 18 do GP de Singapura: Kevin Magnussen vai aos boxes e finalmente abre o espaço na pista para que os ponteiros parassem, algo que vinha sendo evitado ao máximo por Charles Leclerc, que usada o fato do circuito de rua só permitir ultrapassagens com grande diferença entre os carros para ditar um…

Estratégia do GP da Itália e o vai e vem das punições

Antes dos carros entrarem na pista, perguntei a Charles Leclerc se ele sequer precisaria da assistência que teve do companheiro Sebastian Vettel para vencer em Monza – da mesma forma que Vettel não precisaria dele, se invertesse uma tendência que agora já dura sete provas e largasse na frente – tamanha seria a vantagem da…

Estratégia do GP da Inglaterra e o plano secreto de Hamilton

Há muito o que aprendeu com o que aconteceu no último domingo em Silverstone, em prova que acabou com a mesma dobradinha de (quase) sempre, mas com um enredo cheio de emoção. A explicação para as várias disputas que vimos está em parte nos pneus sem a tendência de superaquecimento, devido à combinação de baixas…

Estratégia do GP da Áustria: escolhendo o inimigo errado

Quanto mais se analisa o GP da Áustria, mais claro fica que a F-1 viveu um “Estado de exceção” no último domingo, mas ao mesmo tempo é interessante avaliar como tantos fatores fazem diferença. Começando pela altitude, de 660m acima do mar, segunda maior do campeonato e perto do encontrado em São Paulo:  mesmo sem…

Estratégia do GP da França e o revés de Ferrari e Renault

Se em termos de disputas em si, o GP da França não foi dos mais entusiasmantes, houve algumas lições a serem tiradas. Isso porque a corrida de Paul Ricard ano passado foi uma das três em que a Pirelli usou os pneus com construção semelhante à deste ano, ainda que os compostos sejam um pouco…