Ju Responde

Vídeo Ju Responde: A vantagem de Lewis no Catar e o que vem pela frente

Por que os pneus Pirelli não aguentaram, de onde veio a vantagem da Mercedes mesmo usando o motor mais antigo, o que rolou no duelo Alonso x Gasly e o que dá para esperar para a próxima corrida, na estreia da Arábia Saudita?

Estratégia

Raio-X do GP da Holanda e as três missões que Verstappen cumpriu

Verstappen tinha três missões: para vencer o GP da Holanda: escapar logo do DRS, pois a velocidade no final da reta da Mercedes era superior, evitar ficar exposto a um undercut (o que em Zandvoort significava algo em torno dos 2s5) e, ao mesmo tempo, cuidar dos pneus, já que as interrupções nos treinos livres significaram que os times foram no escuro em termos de simulações de corrida.

Estratégia

Raio-X do GP da Hungria e a ajuda dupla de Alonso

É quando algo pega os pilotos e equipes de surpresa que a Fórmula 1 conta suas melhores histórias. E ela veio em dose dupla em Budapeste: primeiro com uma chuva fina e constante que caiu por uma meia hora, tornando a pista um sabão, e depois com uma bandeira vermelha longa o suficiente para que o asfalto secasse.

Corridas e análises

Vídeo: Ju Responde tirando as dúvidas sobre o GP da Hungria

Já de volta do calor úmido de Budapeste, tiro as dúvidas sobre uma corrida movimentada, em que vários carros fortes ficaram pelo caminho (ou aos pedaços, como no caso de Verstappen)

Corridas e análises

GP da redenção

Agora oito pontos na frente de Verstappen, depois de chegar a estar 33 pontos atrás antes do GP da Grã-Bretanha, Hamilton saiu de Hungaroring com um lucro muito maior do que poderia imaginar quando se viu na última colocação logo nas primeiras voltas da prova

Estratégia

Raio-X do GP da Grã-Bretanha e o líder supresa (por 49 voltas)

Depois que Hamilton fez sua parada, na volta 27, a vantagem em relação ao ritmo da Ferrari ficou clara: era de pelo menos 0s7 por volta, ou seja, mesmo tendo Lando Norris e Valtteri Bottas pelo caminho antes de chegar de novo em Leclerc, os 10s da punição seriam tirados certamente em menos de 20 voltas, e havia 22 para o fim

Viagens e bastidores

Drops dos bastidores: os ‘segredos’ de Alonso e a renovação de Lewis

A maneira como Alonso conseguiu entender o que precisava ser feito e executar isso impressionou até aqueles que já viram o espanhol operar muitos milagres no time de Enstone

Estratégia

Estratégia do GP de Portugal e por que ele foi uma prova rara na F1

Há basicamente três tipos de corrida em pista seca na F1. Aquelas provas estratégicas, em que você tem de esperar até o final para ter alguma emoção. Aquelas provas (que andam raras na F1) em que o desgaste de pneus não é uma preocupação tão grande e os pilotos podem ter lutar mais francas até que as posições se acomodem respeitando o ritmo de cada carro. E as procissões em que nada disso acontece

Viagens e bastidores

Drops dos testes: de volta ao paddock depois de 1 ano

O que rolou nos bastidores da pré-temporada curtíssima da Fórmula 1

Especiais

Quem é quem na temporada 2021 da F1: Alpine

Trazendo Alonso de volta, ex-Renault é a grande incógnita entre times que lutam pelo terceiro lugar